Jorge Paz Amorim

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Sou Jorge Amorim, Combatente contra a viralatice direitista que assola o país há quinhentos anos.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

PM do Paraná ou quadrilha de malfeitores?

(Via Tijolaço)

"Eu miro na cabeça, atiro sem errar
Se munição eu já não tiver, pancadaria vai rolar

Bate na cara, espanca até matar
Arranca a cabeça e explode ela no ar

Arranca a pele e esmaga os seus ossos
Joga ele na vala e reza um Pai Nosso.”


Os versos “edificantes” são de uma música usada para treinar os policias militares do Paraná.

Foi divulgada por um vídeo que circula na internet – reproduzido ao final do post – e registrada pelo jornal Gazeta do Povo.

Notícia que mereceu uma reação pífia da PM paranaense.

Em lugar de abrir um inquérito policial-militar e comunicar às autoridades civias a ocorrência de delito de apologia ao crime, além de afastar de imediato o responsável por esta monstruosidade, disse que “apesar de estarem caindo em desuso, estas canções são utilizadas pelas forças de segurança pública no Brasil e no mundo inteiro. Na PM do Paraná, apesar de não haver orientação proibitiva, alguns grupos as utilizam durante treinamento”.
Tem-se, portanto, que “arranca a pele e esmaga seus ossos ” é um “hit mundial?

Na verdade, é o aproveitamento sórdido de uma passagem bíblica, em Miqueias ,3:

Vós, que odiais o bem e sois apaixonados pelo mal, que arrancais a pele do meu povo e a carne dos seus ossos?Aqueles, pois, que se alimentam da carne da minha gente, arrancam a sua pele, despedaçam os seus ossos e os cortam como se fossem carne para a cozer em panela! Chegará a hora em que clamarão a Javé, porém ele não mais lhes responderá. Naqueles dias ele esconderá a face devido a toda malignidade que eles têm praticado.…

Depois, quando estes policiais açulados como um matilha de cães cometerem barbaridades, não faltarão os discursos de que não são policiais, mas bandidos de farda. Bandidos treinados e preparados para “jogar ele na vala” por seus superiores e comandantes.

Mas não falta muito para isso estar sendo cantado em praça pública.
Afinal, logo teremos os comícios do Bolsonaro.

Nenhum comentário: