Jorge Paz Amorim

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Sou Jorge Amorim, Combatente contra a viralatice direitista que assola o país há quinhentos anos.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Até o último dia de sua gestão, Fernando Haddad foi admirável


No último dia do seu admirável mandato, o prefeito Fernando Haddad evitou que o PT fosse para boca do PIG ser vilipendiado, mais uma vez, bem como poupou os cofres municipais de uma sangria desnecessária e vil, aliás por conta de uma norma lesiva ao interesse público.

Por essa maracutaia, o servidor que for exonerado no dia 2 de janeiro da PSP ganha o direito ao salário integral desse mês que não trabalhará, além de receber integralmente o 1/3 de férias correspondente aos vencimentos da função que exercia. Ou seja, se Haddad não tivesse exonerado os DAS que trabalharam durante os 4 anos de sua gestão deixaria essa despesa pendurada para o próximo prefeito pagar. Prefeito, vírgula: o contribuinte.

Segundo informações, não muito confiáveis, diga-se, oriundas da mídia venal, alguns ex-servidores ligados ao Partido dos Trabalhadores estão chiando contra a exemplar iniciativa de Fernando e mais: estariam procurando a direção partidária para reclamar contra o ex-prefeito.

Que a direção do partido tome as medidas que a militância espera de si: uma copiosa mijada nos reclamantes, não sem antes desqualificar esse oportunismo, seguido de agradecimento e elogios devidos a Fernado Haddad, além de iniciar imediatamente uma campanha pra que esse furto em forma de norma municipal seja excluído do ordume legal do município paulistano, junto com pedido de desculpas ao povo brasileiro pelo péssimo exemplo dado à sociedade. É o mínimo a fazer.

Nenhum comentário: