Jorge Paz Amorim

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Sou Jorge Amorim, Combatente contra a viralatice direitista que assola o país há quinhentos anos.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Renan, Jucá, Barbalho e Raupp. Timaço que o ministro Fachin(STF) manda investigar


O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de inquérito para investigar o ex-ministro do Planejamento e senador, Romero Jucá, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e os senadores Valdir Raupp (PMDB-RO) e Jader Barbalho (PMDB-PA).

Eles serão investigados por suposta prática de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, por suspeita de receberem propina em contratos na construção da hidrelétrica de Belo Monte.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia pedido ao Supremo para investigar os quatro no inquérito (Inq 4260) já aberto do senador Edison Lobão (PMDB-MA), ex-ministro de Minas e Energia, que também é investigado por desvios da obra. No entanto, Fachin determinou a abertura de um novo inquérito para investigar os integrantes da cúpula do PMDB.

Os dois inquérito tramitam em segredo de justiça.

Fachin autorizou as investigação das suspeitas de pagamento de propina de Belo Monte em março com base na delação premiada de Luiz Carlos Martins, funcionário da empreiteira Camargo Corrêa.

A investigação faz parte da operação Lava Jato, mas a denúncia de Martins não é relacionada ao esquema de corrupção da Petrobras, por isso o relator do caso é o ministro Edson Fachin e não o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF.
(Os Amigos do Presidente Lula)

Um comentário:

schirley bispo disse...

PMDB e PSDB,DEM,PP não são partidos políticos e sim quadrilha da pior espécie são piores que as quadrilha das favelas do Rio de Janeiro